Equipamentos

Bluesound 101

Por Graham Verndon

Em se tratando de sistema de áudio doméstico, há duas tendências que vêm crescendo muito no momento — e uma empresa, que combinando as duas, vem, por sua vez, rapidamente se tornando líder no mercado.

A empresa canadense Bluesound está criando ecossistemas de alto-falantes sem fio e componentes de áudio que trazem qualidade de som de alta resolução para o campo do wi-fi de alta-fidelidade. Eles conseguem esse nível de performance sonora com a tecnologia de duas das marcas mais respeitadas em áudio — a amplificação é fornecida pela NAD, e os drivers do alto-falante são feitos pela PSB. O resultado otimiza o som de alta resolução de 24 bits (contra a qualidade de CD de 16 bits) com alto-falantes convenientemente móveis, turbinados com recursos que não são oferecidos pelos concorrentes.

Essa abordagem digital é a preferida até mesmo dos mais conservadores dos audiófilos. Dan Schmalle, de Bainbridge, Washington, é um especialista em equipamentos clássicos de áudio e fundador de uma empresa de fabricação de kits de áudio, a Bottlehead Corp. Conhecido entre os audiófilos como Doc. B, ele tem 27 anos de experiência em reprodução de áudio analógico, os quais abrangem, inclusive, uma tentativa de trazer de volta a fita cassete, numa iniciativa chamada The Tape Project. Seu vasto conhecimento e vontade de por as mãos na massa podem ser vistos também em outras de suas atividades; recentemente, ele estabeleceu um recorde de velocidade, na competição Bonneville Motorcycle Speed Trials de 2018, montado numa moto Honda CB77 Superhawk de 1962 que ele mesmo restaurou.

“Qualquer pessoa com um batimento cardíaco deve passar a vida se esforçando para melhorar sua experiência sonora. A alta resolução é mais um meio para isso. Para mim, o áudio digital de alta resolução é muito mais próximo do som mágico da fita analógica do que é do CD”, diz Schmalle.

Muitos especialistas que ouviram o sistema de alta resolução da Bluesound concordam. Não importa se você está fazendo streaming de uma rádio online ou ouvindo o som com qualidade de estúdio do MQA, a Bluesound proporciona um volume melhor e um som mais realista do que a concorrência, com uma precisão que simplesmente não poderia ser atingida em 16 bits.

Nem é preciso dizer que o sistema é ainda compatível com os melhores serviços de assinatura, como o Spotify, Amazon Music e Deezer, e com os dois maiores provedores de streaming de alta resolução, Tidal e Qobuz.

Não há espaço para explorar todos os excelentes recursos dos produtos da Bluesound. Mas aqui estão três maneiras que eles usam para vencer a concorrência: Você pode usar um controle remoto infravermelho tradicional, ou o aplicativo BluOS para smartphone ou desktop; os alto-falantes têm várias opções de conexão direta, como Bluetooth e entrada de line-in; e a maioria dos alto-falantes tem alças para facilitar o manuseio. A versatilidade com a qual você pode controlar a música nos diversos cômodos da sua casa também é incrível. Por exemplo, você pode trocar a música que está ouvindo de um alto-falante para outro com o toque de uma seta na interface.

Talvez o aspecto mais divertido na construção de um sistema de áudio residencial sem fio seja a otimização do som em um determinado cômodo. Schmalle ressalta que tão importante quanto a instalação do alto-falante é a preparação do local onde ele será instalado. E essa parte, embora represente toda uma arte em si, pode ser iniciada com a tentativa de se manterem distâncias iguais entre as paredes frontais e laterais. Segundo ele, é melhor ter um tratamento excessivo do cômodo do que um insuficiente. Tapetes e sofás, que suavizam os ecos num ambiente que seja mais frio e hostil, são essenciais.

“Há softwares gratuitos de modelagem de cômodos, como o Room EQ, que podem ser muito úteis para determinar uma configuração inicial sem a necessidade de forçar alguém a ficar mexendo nos alto-falantes enquanto você ouve do sofá”, diz ele.

Para a maioria dos audiófilos modernos, mesmo para aqueles que, como Schmalle, buscam inspiração em tecnologias vintage do passado, tudo se resume ao desejo de reproduzir um som no seu quarto que seja fiel às intenções originais dos músicos. Dessa forma, o futuro da música digital está nas soluções que possuem alta resolução, como as da Bluesound.

“Talvez seja hora de começar a comprar CD players e jogá-los em um armazém”, diz Schmalle.

Fontes:

Bluesound.com

https://www.digitaltrends.com/home-theater/bluesound-vs-sonos/, outros sites

https://bottlehead.com/bottlehead-products/

Entrevista por e-mail com Dan Schmalle / Dr. B

Ouça todos os dias seus canais favoritos de forma ilimitada e em quantos dispositivos quiser

Aproveite sua jornada sonora em qualquer lugar, até mesmo sem conexão de internet. Calm Radio oferece experiências únicas de áudio - músicas selecionadas, Sons da Natureza, ambientação relaxante - tudo para que você possa trabalhar, relaxar e/ou dormir.

  • Windows
  • macOS
  • Android
  • iOS
  • Alexa
  • Sonos
  • Apple TV 4
  • Roku